Chás que emagrecem – Funcionam de verdade? Quais são e como tomar?

Se você já procurou por dietas para perder peso de certo em algum momento se deparou com diversas receitas de chás que emagrecem, secam a barriga ou que ajudam a desintoxicar o organismo. Mas será que eles realmente são eficazes para o emagrecimento?

Antes de mais nada é importante que nenhum chá é milagroso e é capaz de promover a perda de peso sozinho, essas bebidas emagrecedoras têm o papel de auxiliar as pessoas que estão no processo de reeducação alimentar e emagrecimento.

A ervas utilizadas para o preparo dessas bebidas que tem como finalidade promover o emagrecimento geralmente possuem em sua composição muito ativos estimulantes como a cafeínas por exemplo ou contam com um grande efeito diurético.

Isso faz com que essas bebidas sejam boas aliadas de quem está passando pelo processo de emagrecimento principalmente quando em conjunto com reeducação alimentar e atividade física.

Outras ervas ainda ajudam a acelerar o metabolismo por ter ação termogênica, outros ajudam a combater a retenção de líquidos diminuindo o inchaço do corpo pelo efeito diurético, mas não é porque os chás que emagrecem são 100% naturais que o consumo está totalmente liberado e é isso que vamos ver ao longo desse artigo.

É preciso abusar dos chás que emagrecem para ter bons resultados?

Isso é um grande mito, de fato os chás trazem diversos benefícios a saúde além de promover o emagrecimento, mas não é por isso que é preciso abusar deles para alcançar os resultados desejados uma vez que o emagrecimento não depende exclusivamente deles.

Quando consumidos em excesso ou combinados entre si alguns tipos de chás que emagrecem pode causar efeitos colaterais e até intoxicação, por isso não devem ser consumidos por alguns grupos de pessoas sem orientação médica.

Alguns chás têm contraindicações como é o caso hibisco que contém propriedade abortivas e não devem ser consumido por mulheres que desejam engravidar ou os chás que contém um alto teor de cafeína como o preto e o verde que devem ser consumidos com cautela entre as pessoas que hipersensibilidade a essa substância, com histórico de hipertensão ou com problemas renais.

Hoje em dia as fórmulas que combinam, mas de 30 ervas estão cada vez mais famosas, porém elas podem ser extremamente perigosas quando seu consumo é feito de forma indeterminada, pois ao contrário do que se pensa essas combinações não oferecem resultados mais efetivos ou potencializados.

O recomendado é utilizar os chás que emagrecem de forma isolada ou com no máximo 3 combinações de ervas, buscando juntar funções que ativem suas propriedades além de deixa-los mais fracos ou fortes, levando sempre em consideração a quantidade consumida no dia.

Vale destacar ainda que cada erva tem um quantidade de componentes diferente e todos os chás que têm como objetivo emagrecer contam com as mesmas funções e isso pode sobrecarregar o fígado, causar falência renal e compulsão alimentar, por isso a importância de consultar antes de fazer o consumo.

Os chás que emagrecem podem ser encontrados facilmente em lojas de produtos naturais, farmácias e em até alguns bons mercados e além das ervas secas é possível encontra-los na forma de sachês e até cápsulas.

Mas a melhor forma de consumir esses chás é na sua forma de preparo tradicional por meio da infusão das ervas, um erro muito comum que a maioria das pessoas comentem é ferver água juntamente com as ervas isso acaba eliminando alguns nutriente e o sabor pois acaba queimando as ervas.

O ideal é deixar água esquentar até iniciar o ponto de fervura (quando começar a aparecer as primeiras bolhas) e acrescentar as ervas já com o fogo desligado, desse modo os efeitos fitoquímicos são potencializados.

chás que emagrecem

Quais são os melhores chás que emagrecem?

Os chás que emagrecem trazem diversos benefícios ao organismo, eles além de contribuírem para a perda de peso ainda ajudam a eliminar toxinas, aquecem o corpo, saciam e ainda relaxam o corpo,

E para conquistar os resultados desejados é preciso incluir na dieta alguns dos melhores dos entre eles, confira abaixo quais são eles e como prepara-lo da forma correta:

– Chá de Cavalinha

O chá de cavalinha é muito consumido pelas pessoas que querem emagrecem por causa da seus forte efeito diurético, essa erva medicinal desintoxica e desincha o corpo por isso ela é uma aliada importante para o combate a retenção de líquidos.

Ela ainda é fonte de silício um mineral essencial para o fortalecimento dos tecidos, músculos e ossos além de oferece outros diversos benefícios para o corpo pois previne o envelhecimento precoce e ajuda na absorção e condução do colágeno.

No preparo chá de cavalinha são utilizados os talos secos e não as folhas é importante armazena-los em um recipiente de vidro para conservar as suas propriedades.

– Aqueça cerca de 200 ml de água sem deixar ferver;

– Adicione 1 colher de sopa do talo seco da cavalinha, mexa bem, abafe e deixar descansar por 5 minutos, coe e beba;

Chás que emagrecem

– Chá de Dente-de-Leão

O chá de dente-de-leão é uma boa alternativa para quem quer emagrecer, pois ele auxilia na limpeza do trato digestivo além de ajudar tanto o intestino quanto o fígado a eliminar toxinas retidas, uma vez que possui diversos nutrientes essenciais para o organismo como os minerais e fitonutrientes de ação antioxidante, além do forte efeito diurético.

– Esquente cerca de 300 ml de água antes de atingir a fervura;

– Adicione de 3 a 4 colheres de chá do dente-de-leão seco;

– Abafe com uma tampa, espere amornar e beba;

Esses chás têm sabor um pouco amargo e por isso pode-se acrescentar no preparo canela, limão, gengibre, hortelã ou uma fruta diurética como o abacaxi que melhoram o sabor e ainda ajudam a potencializar os efeitos.

Nunca adoce os chás que emagrecem pois isso pode interferir diretamente nos princípios ativos da ervas já que o açúcar é um ativador da insulina o que acaba por atrapalhar e muito o processo de emagrecimento.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *